Brasil vive momento ideal para investir em energia solar

Ninguém precisa ser especialista para entender que a energia elétrica tem saído bem cara para o bolso do brasileiro. Aperta daqui, aperta de lá, o custo para se ter energia elétrica dentro de casa, tem interferido diretamente em outras necessidades básicas da população.

Há pouco tempo atrás foi preciso conviver com as bandeiras tarifárias que vinham nas contas de luz, elas sinalizavam como um “farol” as condições de geração de energia no país. Se ela estivesse na cor verde, a tarifa não sofria nenhum acréscimo. Com a cor amarela, o aumento era de R$1,50 para cada 100 kWh consumidos no mês. Já na cor vermelha, passava a ter dois patamares: um de R$3,00 e outro de R$4,50 para cada 100 kWh.

Um cliente residencial da Eletropaulo, em São Paulo, por exemplo, que pagava R$ 100 para um consumo mensal de cerca de 240 quilowatts-hora (kWh), passou a pagar, com a bandeira vermelha, pelo menos R$ 106 para a mesma quantidade de consumo.

O Brasil é um dos poucos países no mundo, que recebe incidência solar superior a 2000 horas por ano (número de horas de irradiação solar que atinge a terra). E a região nordeste do país recebe uma incidência média diária que varia de 4,5 a 6 kWh. Por si só, esses números já são suficientes para colocar o país em destaque no que se refere ao potencial solar, e em ótimas condições para investimento no segmento de energia solar.

Em 2014 (último dado  disponível), o Brasil aumentou sua capacidade de produzir energia solar térmica (aquecimento solar) para  7,71  GWth (gigawatts térmicos), o que representa um crescimento de 4,5% no ano. Não há dúvidas de que o Brasil está pronto para maiores investimentos em energia solar, até porque o país já se firmou  como o quinto maior produtor de energia solar no mundo, um número bastante expressivo no atual cenário de energia solar mundial

A seguir, confira mais alguns motivos pelos quais o investimento em energia solar fotovoltaica faz sentido!

Investimento Sustentável

Em primeiro lugar, a grande vantagem da energia solar, é o fato de não agredir o meio ambiente. Para se ter ideia, a produção de energia solar brasileira fez com que o país deixasse  de despejar no meio ambiente 2,5 milhões de toneladas de dióxido de carbono  (gás carbônico ou CO2) no ano de 2014.

Economia para o bolso

Investir em energia solar poupa o seu dinheiro em longo prazo. Os painéis solares estão cada dia mais potentes ao mesmo tempo em que seu custo vem caindo. Isso torna cada vez mais a energia solar uma solução economicamente viável.

Economia na conta de luz

O sistema de energia fotovoltaica poupa o seu dinheiro, pois reduz a conta em até 95%. Dessa maneira você não precisará se preocupar com o aumento da tarifa de luz. Quem é que não gosta de economizar, não é mesmo?

Valoriza o imóvel

Os painéis solares são investimentos considerados uma melhoria para casa, isso reflete diretamente no valor do imóvel no mercado. Gerar energia em casa agrega vantagens como: maior destaque no setor imobiliário e economia na conta de luz.
De acordo com uma pesquisa realizada pelo  Laboratório Nacional Lawrence Berkeley  nos EUA, painéis fotovoltaicos valorizam o imóvel de  3%  a  6%.  O estudo também mostrou que os compradores estavam dispostos a pagar, em média U$ 15.000,00 a mais por casas que possuíssem um sistema fotovoltaico instalado.

Publicado em: 07/10/16
Fonte: Portal solar